A Tecnologia por trás de VAXXITEK® HVT + IBD

Ignore o calendário. Pare de calcular anticorpos maternais. Tire a incerteza dos cronogramas de vacinações contra a doença de Gumboro (IBD). A tecnologia vetorial avançada fornece uma solução simples para a vacinação contra IBD.

POR QUE: A Razão pela qual desenvolvemos VAXXITEK HVT + IBD

Pintos absorvem anticorpos maternais contra IBD cujos níveis diminuem gradualmente à medida em que a ave cresce, porém ainda poderão interferir com algumas formas de vacinação. Esta interferência poderá levar a ave a um período sem proteção—a "janela da imunidade "—conforme o nível de anticorpos declina, porém antes da próxima dose da vacinação ser administrada. Por conta da alta variabilidade dos níveis de anticorpos maternais contra IBD considerando cada ave individualmente, o cálculo do timing entre doses pode ser desafiador e laborioso.

O QUE: Tecnologia Vetorial para Proteção "2-em-1"

Nossa solução? Desenvolver uma vacina vetorial avançada:

  • Ao invés de um vírus IBD completo, VAXXITEK HVT + IBD utiliza somente a proteína viral 2 (VP2), antígeno altamente protetivo no vírus IBD, para estimular a imunidade
  • Vivo e completo, o herpesvírus de perus (HVT) é utilizado como vetor para a vacina; o HVT não é patogênico para galinhas, mesmo sendo fortemente relacionado ao vírus de Marek, portanto estimula a imunidade contra esta doença
  • O vetor HVT é replicado sistematicamente na ave, induzindo a proteção contra duas importantes doenças em somente uma vacina
  • Foi demonstrado em pesquisas publicadas que tanto a VP2 do vírus IBD VP2 quanto o HVT sofrem interferência insignificante dos anticorpos maternais em aves12
  • Como resultado, VAXXITEK HVT + IBD pode ser administrada precocemente* com dose única 10 no incubatório, com programação pré-definida: tanto in-ovo (aos 18-19 dias) quanto por via subcutânea ao primeiro dia de vida
  • No momento da vacinação, VAXXITEK HVT + IBD pode começar a constituir a imunidade que gradualmente substitui aquela proporcionada pelos anticorpos maternais; diversos estudos publicados apontaram a menor oportunidade para a formação de uma janela na imunidade11-12, 18-19

COMO: O modo de ação da tecnologia

Interessado na ciência por trás do modo de ação da VAXXITEK HVT + IBD?

ASSISTA AO VÍDEO "A 3ª GERAÇÃO DE VACINAS CONTRA IBD "

Macro alias: YouTubeVideo

ONDE: Proteção contra IBD no Mundo Todo

O gene específico VP2 utilizado em VAXXITEK HVT + IBD é proveniente da cepa Faragher 52/70 do vírus IBD. Foi isolada durante os primeiros surtos de IBD e acredita-se que seja a cepa progenitora das subsequentes cepas do vírus de IBD. Desta forma, a inserção do fragmento da cepa Faragher 52/70 faz com que VAXXITEK HVT + IBD possibilite o estímulo da imunidade contra uma vasta gama de patótipos do vírus IBD.

Na verdade, mais de 65 trabalhos científicos publicados até hoje (ver todos) [LINK para Página do Conhecimento com lista de todas as publicações científicas]demonstraram que VAXXITEK HVT + IBD estimulou a imunidade contra diversos patótipos diferentes do vírus IBD encontrados no mundo todo, incluindo cepas clássicas, variantes e muito virulentas.* Já foi utilizada para o auxilio na prevenção da doença de Marek (conforme se faz com a utilização de uma cepa HVT) e Gumboro em todos os continentes.

Tecnologia vetorial que ajuda a simplificar o timing e o processo de vacinação contra IBD...

Publicações referenciados

Voltar ao